Manifesto poético: Quem não grita quer tarifa!


Nosso transporte público

É igual um carro de boi

E dentro dele

Tem boi de todo o tipo

Aquele que vai sentado

Aquele que vai em pé

Pendurado!

Atrasado!

Chateado!

Maltratado!

Preocupado,

com o atraso do salário

O preço do pão

Do Leite

Do Feijão

Do Ipod

Vê se pode!

E tem boi que pede assim:

Desculpe incomodar!

Mas alguém pode me ajudar?

Balinha um real

Não é um coletivo?

Obrigado “motô”

Ué, mas cadê o cobrador?!

Passagem por favor?

Passagem

É um assalto!

Passagem por favor?

Passagem

É um assalto!

3,00 – 3,30 – 3,60

É um assalto!

Mãos para o alto

Você está sendo lesado

Mãos para o alto

É um assalto!

Mas e aí?

Vamos pra rua gritar? Reivindicar?

Ou vamos se calar? Se conformar?

Quem não grita quer tarifa!!!

Anúncios

2 Comentários

  1. krakkkkkkkkkkkkk esse texto ta incrível

  2. Mto Boooommm!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s