Seminário Popular da Baixada Santista


Sábado, 5 de Novembro às 8:00 – Domingo, 6 de novembro às 20:00
Auditório do Sintraport
Rua General Câmara, 258 – Paquetá
Santos, SP
Entidades de bairro, movimentos populares, organizações sindicais de trabalhadores, aldeias indígenas e demais coletivos e indivíduos interessados participam neste sábado e domingo, dias 05 e 06 de novembro, do Seminário do Tribunal Popular da Terra – Baixada Santista.

O evento será no auditório do Sintraport, que fica na Rua General Câmara, 258, no Paquetá, próximo à Associação dos Cortiços do Centro (ACC). No encontro, o público vai discutir três eixos: as comunidades indígenas, o espaço urbano e os megaempreendimentos, intensificados com as explorações da camada do pré-sal, a ampliação do Porto de Santos e a Copa do Mundo.

O seminário é um evento regional do Tribunal Popular, iniciativa que surge em 2008, com o aniversário de 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, quando uma série de entidades passou a discutir e refletir acerca das constantes violações aos direitos humanos cometidas pelo Estado brasileiro, reforçando seu modelo opressor e a serviço do capital, que tem como alvo principal as parcelas mais pobres da população brasileira, em especial a população negra e indígena. Será lançado ainda o livro “Tribunal Popular: O Estado brasileiro no banco dos réus”.

É com o objetivo de denunciar a violação de direitos humanos na Região que está sendo construído o Seminário Popular da Terra na Baixada Santista. As populações indígenas locais vêm sofrendo constantes ameaças de serem retiradas dos locais onde vivem, faltam condições para subsistência, enquanto há perseguição, criminalização e vários outros direitos feridos pelo Estado. Além disso, vemos as populações mais pobres também sofrerem com despejos e a falta de projetos para moradias dignas, fruto de uma especulação imobiliária atrelada à exploração na camada do pré-sal da Bacia de Santos, a ampliação do Porto de Santos e a Copa do Mundo.

Com o Seminário Popular da Baixada Santista pretende-se apresentar os diversos grupos atingidos pelo processo de desenvolvimento e discutir assuntos que, apesar de parecerem distintos, são todos referentes a mesma questão: o direito à terra.

Programação

Sábado, 05 de novembro
8 horas
Abertura Tribunal Popular e lançamento do livro Tribunal Popular: O Estado brasileiro no banco dos réus

9 horas
Mesa com os três eixos:
– Questão indígena
– Questão urbana
– Megaempreendimentos

12 às 14 horas: Almoço

14 horas
Grupos de Discussão: Questão indígena e Questão urbana

18 horas
Janta e Noite Cultural, com o ritual indígena e sarau

Domingo, 06 de novembro

7 horas: Alvorada

7h30: Café da manhã

8h30
Grupos de Discussão

11 às 13 horas
Almoço

13 às 16 horas
Plenária final, encaminhamentos dos Grupos de Discussão e socialização dos assuntos debatidos

16h
Encerramento com uma apresentação cultural

Anúncios

1 Comentário

  1. Pedido; Por favor falem com força para comover o coração desse Pai que não vem.”Ao meu Pai João Carlos Marques-empresário em Santos e estado de São Paulo,venha aderir á sua filha de sangue que voce nunca teve, mas eu sempre procurei-são 51 anos;para o sossego da sua alma e tranquilidade de seu coração,venha,retorne a Aracaju-Sergipe e fala comigo Maria da Conceição, sua filha legitima com sua legitima esposa e minha mãe falecida,Maria Solange de Souza Marques;Sua atitude muda e a observar como vivo me causa grande sofrimento;ou, fique aí e leve suas posse dessa minha cidade que me acolheu e que não merece acolher um Pai que se passa por estranho para a sua primeira filha;Deus tenha piedade de ti. obrigada de coração a voces dessa rádio.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s